Seja Bem Vindo

Ajude nos a levar a palavra de Deus ao mundo.

Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura" (Marcos 16:15).

Membros

Todos os membros poderão enviar mensagens, textos, comentários e participar de promoções exclusivas. Participe.

Acesso para Membros

Não é membro? Cadastre-se!



Principal Quem Somos Noticias Vídeos Reflexão Dicas de Filmes Publicidade Fale Conosco
CONTEÚDO
  • Página Principal
  • Bíblia On-Line
  • Dicas de Filmes
  • Textos para Reflexão
  • Notícias Gospel
  • SMS
  • Publicidade
  • Quem Somos
  • Parceiros
  •  
    Notícias gospel
  • Brasil
  • Cinema
  • Esportes
  • Internacional
  • Missões
  • Música
  • Oportunidades
  • Política
  • Saúde
  • Tecnologia
  • TV
  •  
    utilidades
  • Nossos Banners
  • Para o seu Site e Blog
  •  
    Entretenimento
  • Bate Papo
  • Cartão Virtual
  • Novos Testes Bíblicos
  • Eventos Gospel
  • Vídeos
  • Rádio On-line
  •  
    Siga-nos



    Escolha uma categoria:
    Agradecimentos
    Amor
    Aniversários
    Comportamento
    Curiosidades
    Estudo Bíblico
    Família
    Festas
    Juventude
    Letras de Música
    Mensagens Bíblicas
    Teatro Cristão
    Testemunhos
    Reflexões e Estudos Bíblicos
    Nota: 2.2/5 (31 votos)
    Testemunhos - Minha Experiência ...


    (2348) acessos desde 24/05/2012 - 16h50min

    Minha mãe sempre foi uma mulher guerreira, nunca teve medo de encarar a vida e com garra nos criou e não abriu mão de nenhum dos seus quatro filhos, sou de uma família simples, humilde mas abastada em amor.

    Minha mãe sempre trabalhou como feirante, o nosso sustento sempre foi provido desse meio de sobrevivência dela, meus irmãos mais velhos trabalham nessa mesma área, e todos os finais de semana pela madrugada eles viajavam. Agradeco a Deus por cada livramento, o Senhor constantimente ouvia as minhas orações para que os guardassem em meio à estrada sempre esburacada, onde oferecia riscos incalculáveis.

    Todas as vezes que eles ligavam o carro e se preparavam para pegar estrada alta madrugada, eu constantemente orava a Deus para guia-los, e protege-los.

    O ano novo chegou, aquela euforia toda, aqueles sentimentos de recomeços, saudades de quem Deus já chamou. No culto de gratidão da virada, o pastor ministrou uma palavra que me marcou, e então guardei algo em especial; o pastor falou que se vivessemos uma vida integra, mergulhado na intimidade com Deus, e se realmente vivessemos com coração sincero no altar do Senhor, Deus faria uma visita particular em nosso quarto, e se revelaria. "Um ano antes eu estava vivendo essa busca intensa, a palavra de Deus ardia no meu coração, eu estava sempre atuante na obra, e tinha prazer naquilo".

    Toda passagem de ano, quando estamos ali gritando um adeus ao ano velho e saudações ao ano novo, mantenho alguns pedidos especiais a Deus, visando que eu obtenha ajuda dos céus para a concretização no ano que se inicia.

    Falei com Deus: "Senhor eu quero ter uma experiência contigo", três dias depois da virada, 3:30 hs da madrugada minha mãe pegou estrada para viajar a uma cidade próxima e  aventurar a feira livre daquele dia. Orei por eles e depois de apagar todas as luzes da casa me deitei para tentar retomar o meu sono, por algum motivo eu não conseguia mais dormir, fechava os meus olhos chamando o sono, mas ele se recusava a vir. Pouco tempo depois, ali deitado relutando comigo mesmo, eu apenas mim rendi, abri os meus olhos e fiquei quieto, algo sobrenatural veio sobre mim e sem entender eu fiquei ali totalmente inerte sobre a cama, eu sabia que estava acordado, olhava o telhado, tentava de todas as formas mexer algum membro do meu corpo e não conseguia exito nisso, meu corpo não progredia, estava totalmente neutralizado. Eu apenas mexia com os olhos tentando compreender aquela situação, então vi um homem vestido de branco entrar pela porta do meu quarto, as vestes branca dele brilhava intensamente, o homem se aproximava de mim e os meus olhos fitavam o branco vivo que se deixava deslumbrar. Eu não via o rosto daquele homem, apenas contemplava suas vestes, ele se aproximava de mim lentamente e eu sentia uma sensação de convulsão dentro de mim, eu tinha a impressão de que o meu corpo estava eletrizado e que ele se mexia constantimente, mas ao mesmo tempo eu tinha a consciência da real condição em que mim encontrava. Distintamente eu tentava falar algo mais não conseguia, era como se eu tivesse ganhado repentinamente uma gagueira, apenas conseguia pronunciar a letra (a) com dificuldade.

    Diante dessas sensações, eu não sentia temor, eu não estava aterrorizado com aquela situação; eu sentia no meu pequeno quarto como se uma brisa suave estivesse ali no ar, essa lembrança é tão presente quanto esse momento em que eu me encontro digitando, não havia terror em meu coração, era algo diferente, mas muito bom e agradável, eu sentia plenitude de paz dentro do meu coração.

    Ele passeou próximo de mim, eu contemplava tudo aquilo quieto, e os meus olhos abertos o acompanhavam.

    Geralmente mim deito na beirada da cama, com as duas mãos coladas entre o colchão e o rosto. Então, senti que ele estava muito próximo de mim. Nesse momento fechei os olhos por impulso, levemente eu senti que o homem de branco sentou na beirada do colchão, o meu rosto então se deslocou com a inercia que ele provocou na extremidade do colchão, e diante disso, senti o meu rosto deslizar naquele pano branco que resplandecia, era como que eu sentisse suas costas. A minha respiração era calma. Por alguns segundos ele ficou ali sentado, e logo depois se levantou deixando o colchão na superfície correta. Observei que ele ficou em pé e parado. Então ouvi uma voz que falou: "A PARTIR DE HOJE O RUMO DA TUA VIDA FOI MUDADO", era uma voz que vinha como espada, ela fluiu dentro de mim de uma forma totalmente específica; tenho certeza que não foi uma dedução de minha mente, pois era muito real, ouvi de uma forma muito clara letra por letra.

    Atento eu observei que ele passeou pelo quarto mais uma vez, e que se aproximava novamente, os meus olhos antes fitos nele, se fechou de súbito. Nesse mesmo momento senti o homem de branco posicionar o seu rosto frente ao meu, senti que a sua face estava a poucos centímetros do meu rosto, e mesmo com os olhos fechados entendia que os olhos Dele estavam abertos e que fitavam as minhas pálpebras.

    Segundos se passaram e de uma forma repentina, eu recebi um sopro forte, bastante gelado, e de relance as sensações estranhas no meu corpo e aquela gagueira passageira, foram-se embora assim também como o homem de branco.

    Ainda deitado, comecei a glorificar, chorava, e entre solucos glorificava falando, louvado seja o Senhor. Passou se um curto período de tempo, e eu mim calei, continuei ali deitado meditando, fiquei em silêncio.
    Ainda não tinha compreendido por inteiro tudo aquilo.

    Passado um tempo, me levantei, enxuguei as lágrimas, acendi todas as lâmpadas da casa, abri guarda-roupas, olhei debaixo das camas, olhei dentro do banheiro, mas nada encontrei.

    Me desloquei até a sala, e liguei a tv, estava passando um programa evangelico da madrugada, e ao clicar no botão, ouvi o inicio da estrofe de um louvor do Ir. Reges Danese, que dizia:


    Entra na minha casa,
    entra na minha vida
    mexe com minha estrutura,
    sara todas as feridas,
    me ensina a ter santidade,
    eu quero amar somente a ti, porque o Senhor é o meu bem maior.
    FAZ UM MILAGRE EM MIM ...

    Ali minha mente foi aberta, minhas lágrimas jorraram, lembrei do pedido especial que havia feito ao meu Senhor na virada do ano, entendi que ele veio me visitar na intimidade do meu lar, e que havia atendido ao clamor do meu coração

    . "A letra principal desse louvor se repetia na tv várias vezes", e eu me senti abraçado, junto ao Pai, Ele estava ali, já não via mais o resplendor de sua vestimenta, mas sentia o principal que era a sua presença, eu setia o afago do meu Deus, do meu Pai ...

    Ahh, o Senhor me fez entender ...
    e apartir daquele dia a minha vida realmente mudou. Eis que tudo novo se fez, tudo se fez novo.

    O ano foi se passando, e em meados do terceiro bimestre do ano, eu resolvi comprar uma bíblia de estudo, a palavra de Deus saltava como uma onda e encontrava terra seca em meu coração; eu estava fazendo estudos frequentes, e em meio a esses estudos, um dia estava desgrudando as páginas uma das outras normalmente porque a bíblia era nova, e então avistei dois versículos que me trouxeram lembranças daquela madrugada de janeiro.
     - JÓ   4:15-16...
    Então um espírito passou
     por diante de mim;
    fez-me arrepiar os cabelos do meu corpo;
    parou ele, mas não lhe discerni  a aparência;
    um vulto estava diante dos meus olhos; houve silêncio, e ouvi uma voz:

    ... dias antes assisti uma ministração do pastor Caio Fábio, lembrei que ele falou:  Quando temos alguma experiência com Deus temos ao menos que ter um versículo como prova.

    Eu não estava estudando a bíblia em busca de nehum versículo que provasse tudo o que eu passei, porque não há prova maior que a obra do Senhor em minha vida, mas eis que Deus ainda me presenteou com esse versículo que vem confirmar para a sua glória.

    Texto enviado pelo usuário: Romilson Oliveira Brandão de Souza

    E-mail de contato: romilsonart.21@hotmail.com

     

    Enviar Comentário Indicar para um AmigoVersão para Imprimir Assinar Feed
    VER OS COMENTÁRIOS DESTE TEXTO
    Não existe nenhum comentário para este texto, envie seu comentário agora mesmo.
    Clique aqui
     
     

     

    newsletter

    Digite o seu e-mail abaixo:

    Adicionar Apagar

     
    usuário
  • Fazer Login
  • Cadastrar no Site
  •  
    Enquete
     
    RÁDIO GOSPEL
    Ouça a rádio Gospeljovens
     
    ÚLTIMOS USUÁRIOS

    thamyres
    nova odesa / SP

    Anne caroline
    Rio de janeiro / RJ

    FERNANDA
    PEDRA PRETA / MT

    Geilson Monteiro da Silva
    altamira / PA

    lucas da cruz silva
    fortaleza / CE

    Claudio Cesar
    Diadema / SP

    Criislya
    Morada-Nova / CE

     



    Desenvolvimento de Sites, Portais, Sistemas para Internet e Hospedagem