Seja Bem Vindo

Ajude nos a levar a palavra de Deus ao mundo.

Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura" (Marcos 16:15).

Membros

Todos os membros poderão enviar mensagens, textos, comentários e participar de promoções exclusivas. Participe.

Acesso para Membros

Não é membro? Cadastre-se!



Principal Quem Somos Noticias Vídeos Reflexão Dicas de Filmes Publicidade Fale Conosco
CONTEÚDO
  • Página Principal
  • Bíblia On-Line
  • Dicas de Filmes
  • Textos para Reflexão
  • Notícias Gospel
  • SMS
  • Publicidade
  • Quem Somos
  • Parceiros
  •  
    Notícias gospel
  • Brasil
  • Cinema
  • Esportes
  • Internacional
  • Missões
  • Música
  • Oportunidades
  • Política
  • Saúde
  • Tecnologia
  • TV
  •  
    utilidades
  • Nossos Banners
  • Para o seu Site e Blog
  •  
    Entretenimento
  • Bate Papo
  • Cartão Virtual
  • Novos Testes Bíblicos
  • Eventos Gospel
  • Vídeos
  • Rádio On-line
  •  
    Siga-nos



    Escolha uma categoria:
    Agradecimentos
    Amor
    Aniversários
    Comportamento
    Curiosidades
    Estudo Bíblico
    Família
    Festas
    Juventude
    Letras de Música
    Mensagens Bíblicas
    Teatro Cristão
    Testemunhos
    Reflexões e Estudos Bíblicos
    Nota: 1.8/5 (22 votos)
    Comportamento - A dor de um silêncio...


    (4068) acessos desde 29/09/2010 - 20h29min

    DE: JORGE LUIZ SILVEIRA VESPASIANO

    “A dor de um silêncio...”.

    Numa manhã de Domingo, aproximadamente ás 09:35min, ocorreu um fato lamentável pelo qual eu necessito revelar em detalhes.

    Havia uma menina de cor “negra” que estava num Shopping, á procura de sua mãe que desaparecera. Impressionada com tantas coisas bonitas, a pequena Isabel de apenas nove anos de idade pára perto de uma loja de bolsas caríssimas. Isabel como era uma criança inocente, pegou algumas bolsas e ficou desfilando pelos corredores da loja (como se fosse um modelo profissional), ao passo que ela gostava tanto de modas.

    Alguns minutos depois, Isabel percebe através da vitrine que sua mãe estar no lado de fora da loja. Isabel desesperada e desapercebida sai da loja levando consigo algumas bolsas luxuosas. Porém, a proprietária da loja Kimberly Castell, revoltada com o suposto roubo da menina, ela por sua vez a captura, sem antes mesmo de Isabel ter a oportunidade de reencontrar sua mãe.

    Nesse momento Isabel é levada pelos os braços, por dois seguranças irritados que a humilhavam chamando-a de ladra, pivete, e macaco zumbi. Querendo tentar explicar o que realmente aconteceu, a menina não é ouvida pela a proprietária da loja, que com um ato de punição à tranca num quarto escuro e fechado. A menina desesperada grita por socorro várias vezes, mas ninguém a ouve..

    Passando-se algumas horas, a mãe de Isabel entra na loja aos prantos, perguntando se alguém viu passando pelo o Shopping uma menina de cor negra, inteligente, linda e de classe alta.

    A proprietária da loja, surpresa em saber que a criança negra que ela tanto maltratou era uma menina rica! Ela por sua vez disfarça sua crueldade e inverte toda a história.
    A proprietária da loja querendo ganhar aproveito com a tal situação, ela reconstrói um outro fato dizendo: a menina Isabel se encontrava totalmente perdida pelo o Shopping, e por esse motivo ela resolveu ajudá-la colocando-a num quarto fechado, até que sua mãe verdadeira aparecesse.

    Desesperada a mãe de Isabel grita: -Não! Não pode ser! Minha filha não!
    A proprietária da loja sem saber o porquê de tanto histerismo, tenta acalmar a mãe da menina que a leva até ao quarto fechado onde se encontra Isabel.
    Abrindo a porta do quarto a mãe de Isabel dá um suspiro e um grito que ninguém jamais poderia esquecer...

    Transtornada a proprietária da loja fica impotente ao perceber que a inocente Isabel estava morta! Emocionada com a perda da filha, a mãe explica que Isabel sofria de Claustrofobia, ou seja, um medo mórbido de estar em lugares fechados.
    Aflita pelo o fato que ocasionou a morte de Isabel. A proprietária da loja não revela a verdade para a mãe de Isabel, que conclui que tudo aquilo ocorreu por acidente sendo Kimberly Castell não culpada. Porém, aos prantos a mãe de Isabel comenta que justamente hoje seria a data de sua maior realização, pois sua filha completaria dez anos de idade e se tornaria uma grande modelo...

    Passando-se um ano depois, a ex-proprietária da loja se encontra hoje em miséria total e com um quadro clínico mental irreversível causa iminente do remorso que sentiu pela a morte de Isabel. Nesse momento Kimberly Castell pode ser vista nas ruas de São Paulo como sendo uma moradora sem rumo e destino...


    Diga não ao preconceito...
    Diga não ao racismo...
    A vida é um direito de todos!!!

    Texto enviado pelo usuário: jorge luiz silveira vespasiano

    E-mail de contato: contatojorgeluiz@yahoo.com.br

     

    Enviar Comentário Indicar para um AmigoVersão para Imprimir Assinar Feed
    VER OS COMENTÁRIOS DESTE TEXTO
    ... Há (3) comentário(s) para este texto.
    Aline Cristina
    19/01/2012 - 23h10min
    amei

    Missionária Tatiane Missionária Tatiane
    25/10/2010 - 15h09min
    muito interessante esta mensagem.incrivel como tudo isso acontece até mesmo hoje em diz,é uma realidade cruel e triste...

    Priscila Lucia de melo machado Priscila Lucia de melo machado
    24/10/2010 - 01h50min
    ' aamei *--*

     
     

     

    newsletter

    Digite o seu e-mail abaixo:

    Adicionar Apagar

     
    usuário
  • Fazer Login
  • Cadastrar no Site
  •  
    Enquete
     
    RÁDIO GOSPEL
    Ouça a rádio Gospeljovens
     
    ÚLTIMOS USUÁRIOS

    thamyres
    nova odesa / SP

    Anne caroline
    Rio de janeiro / RJ

    FERNANDA
    PEDRA PRETA / MT

    Geilson Monteiro da Silva
    altamira / PA

    lucas da cruz silva
    fortaleza / CE

    Claudio Cesar
    Diadema / SP

    Criislya
    Morada-Nova / CE

     



    Desenvolvimento de Sites, Portais, Sistemas para Internet e Hospedagem