Seja Bem Vindo

Ajude nos a levar a palavra de Deus ao mundo.

Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura" (Marcos 16:15).

Membros

Todos os membros poderão enviar mensagens, textos, comentários e participar de promoções exclusivas. Participe.

Acesso para Membros

Não é membro? Cadastre-se!



Principal Quem Somos Noticias Vídeos Reflexão Dicas de Filmes Publicidade Fale Conosco
CONTEÚDO
  • Página Principal
  • Bíblia On-Line
  • Dicas de Filmes
  • Textos para Reflexão
  • Notícias Gospel
  • SMS
  • Publicidade
  • Quem Somos
  • Parceiros
  •  
    Notícias gospel
  • Brasil
  • Cinema
  • Esportes
  • Internacional
  • Missões
  • Música
  • Oportunidades
  • Política
  • Saúde
  • Tecnologia
  • TV
  •  
    utilidades
  • Nossos Banners
  • Para o seu Site e Blog
  •  
    Entretenimento
  • Bate Papo
  • Cartão Virtual
  • Novos Testes Bíblicos
  • Eventos Gospel
  • Vídeos
  • Rádio On-line
  •  
    Siga-nos



    Escolha uma categoria:
    Agradecimentos
    Amor
    Aniversários
    Comportamento
    Curiosidades
    Estudo Bíblico
    Família
    Festas
    Juventude
    Letras de Música
    Mensagens Bíblicas
    Teatro Cristão
    Testemunhos
    Reflexões e Estudos Bíblicos
    Nota: 2.0/5 (8 votos)
    Comportamento - Santos Pecadores


    (3436) acessos desde 23/03/2011 - 14h53min

    Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço.

    E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa.

    De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim.

    Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.

    Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.

    Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.

    Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo.

    Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus;

    Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.

    Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?

    Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. "
    (Romanos 7.15-25)

     

    Lendo essa passagem Deus me fez ver o outro lado da coisa, me fez pensar nas causas que levam uma pessoa a cair em pecado, mesmo depois de estar em Cristo.

    Deus me mostrou duas grandes causas, a primeira, foi a falta de conhecimento acerca das coisas de Deus, e Paulo estava preocupado, pois a igreja de Roma estava crescendo muito rápido, e a fé deles já era conhecida em todo o mundo.E creio que eles não entediam direito acerca do novo evangelho que Jesus pregou.
    O que mais me tocou, mais marcou, é que Paulo fez questão de mostrar tanto um, quanto o outro lado da moeda: lei x graça.

    Fez questão de dizer, que não adianta nos martirizar,achar que não merecemos o amor de Deus quando erramos,tropeçamos ou coisa do tipo, porque ‘bem sabemos que a lei e espiritual, mais eu sou carnal, vendido sobre o pecado’.

    Creio eu que os crentes de Roma, estavam se preocupando muito com a questão de agradar a Deus, e a única forma que eles conheciam e tinham eram as leis, mais Paulo fala no versículo 7, que conheceu o pecado através da lei. Deus em sua misericórdia me revelou que o grande mal, a grande causa de todos os escorregões que levamos, é porque sempre estamos tentando agradar a Deus, sendo que para agradá-lo o primeiro passo e fundamental é justamente NÃO TENTANDO.
    “Porque eu sei que em mim isto é, na minha carne, não habita bem algum e, com efeito, o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem” , porque não conseguimos realizar o bem? Porque tentamos.

    Não adianta tentar sermos crentes que querem servir a Deus por nossas próprias forças, Paulo deixa bem claro, que não é na nossa força, e sim pela força Dele em nós, ou seja, que é em uma total rendição ao Espírito de Deus, que conseguimos morrer para os pecados; porque é o próprio Espírito que nos guiará por toda a verdade, nos libertando das prisões do pecado, “porque nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito, porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte”.
    Então por mais que eu tente não errar, vou acabar errando,não somos perfeitos;mas graças a Jesus somos justificados diante de Deus por nossas falhas.

    A nossa luta interor, a luta contra nós mesmos , contra nossas emoções, desejos, contra nossa mente,é outra grande causa, e acho que é a que mais atinge os crentes desde os primeiros tempos;a morte do “sou eu”. Creio que a igreja de Roma estava vivendo esse conflito,pois como não tinham ainda pelo que pude ler, alguém que os instruísse a cerca da graça de Deus, se achavam incapazes de mudar,porque o velho “eu” sempre estava a bater na porta.
    E nessa passagem de Romanos, Deus falou tremendamente comigo: “mas vejo em meus membros outra lei que batalha contra a lei do meu entendimento e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros”.
    Cheguei a entender que, como estamos debaixo da lei do pecado, pois já nascemos nessa condição, não é de uma hora pra outra que vamos ser mudados, porque não mudamos de fora pra dentro,e sim, de dentro pra fora, vencendo os conflitos interiores vez por vez; a própria palavra diz que é de glória em glória, que somos feitos à semelhança de Deus.

    O que muito me impressionou foi a misericórdia de Deus na vida de Paulo, que mesmo depois de Paulo errar perante Deus muitas vezes - é o que o texto fica subentendido- Deus usava paulo tremendamente;mesmo depois de tudo , Paulo se levantava ,sacudia a poeira e continuava a sua caminhada.

    O apóstolo me mostrou que a caminhada é dura de seguir,que é conflito atrás de conflito,e que só tem um jeito de conseguirmos atravessar para o outro lado do mar vermelho; deixando-nos ser guiados pelo Espírito Santo de Deus. E é o Espírito Santo que vai nos revelar Jesus e seu imenso amor, só uma vida centrada em Jesus, é que nos faz olhar pras coisas lá do alto, ter esperança de um novo amanhã, aonde nossas fraquezas não irão nos perseguir, ”porque Deus enviando seu filho em semelhança de carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado”.

    Repito a fala de Paulo e ainda acrescento mais : “ Dou graças a Deus por Jesus Cristo ter nos comprado com seu sangue na cruz do calvário”.

    E Glórias a Deus pelo seu Espírito Santo, que nos conduz a toda verdade, nos ensina,nos auxilia nessa busca incessante de santidade, e que nos faz compreender que somos:” SANTOS PECADORES”.

    Texto enviado pelo usuário: Jonathan Oliveira

    E-mail de contato: jonathan_avlys@hotmail.com

     

    Enviar Comentário Indicar para um AmigoVersão para Imprimir Assinar Feed
    VER OS COMENTÁRIOS DESTE TEXTO
    Não existe nenhum comentário para este texto, envie seu comentário agora mesmo.
    Clique aqui
     
     

     

    newsletter

    Digite o seu e-mail abaixo:

    Adicionar Apagar

     
    usuário
  • Fazer Login
  • Cadastrar no Site
  •  
    Enquete
     
    RÁDIO GOSPEL
    Ouça a rádio Gospeljovens
     
    ÚLTIMOS USUÁRIOS

    thamyres
    nova odesa / SP

    Anne caroline
    Rio de janeiro / RJ

    FERNANDA
    PEDRA PRETA / MT

    Geilson Monteiro da Silva
    altamira / PA

    lucas da cruz silva
    fortaleza / CE

    Claudio Cesar
    Diadema / SP

    Criislya
    Morada-Nova / CE

     



    Desenvolvimento de Sites, Portais, Sistemas para Internet e Hospedagem